Saúde

28/06/2018 16:57 Eliza Gund|FlorestaNet

Exame de H1N1 é inconclusivo após morte de bebê carlindense

A morte de uma criança de 18 meses com vários sintomas de virose foi investigada pelas autoridades de Saúde do Estado de Mato Grosso. O caso aconteceu no domingo 29 de abril, no Hospital Regional Albert Sabin de Alta Floresta. As principais suspeitas levantadas eram de gripe H1N1, no entanto o resultado do exame chegou como inconclusivo. O caso foi notificado às autoridades de Saúde, na ocasião, a direção do hospital afirmou que não existiam motivos para alarde e a população poderia ficar tranquila.

A criança é do município de Carlinda, deu entrada no Hospital Regional em Alta Floresta já em estado grave, após alguns exames com especialistas em diversas áreas, a suspeita de que portava o vírus foi reforçada, uma amostra de secreção foi colhida e enviada para investigação. A bebê foi a óbito dias depois de internada.

Os resultados dos exames ficaram prontos, mas inconclusivos pela contaminação de sangue, pois a criança apresentava hemorragias buco nasal. Conforme explicação da Vigilância Epidemiológica de Alta Floresta, com o diagnóstico inconclusivo, a morte por H1N1 passa a ser descartada, ou considerada, de acordo com decisão das equipes médicas que atenderam a criança.

 

Alta Floresta: Hospital Regional registra morte suspeita de H1N1


O site Florestanet, foi o primeiro site de notícias de Alta Floresta, teve a sua operação iniciada em 1999, sendo um dos pioneiros no jornalismo on-line.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo