Saúde

06/01/2018 07:11 Eliza Gund/FlorestaNet

Atendimento na saúde pública de Alta Floresta normaliza na segunda quinzena de janeiro

Em entrevista ao programa atualidades da rádio Bambina FM na última sexta-feira (05), a diretora municipal de saúde, Roberta Cordeiro, falou sobre a atual situação organizacional da Secretaria de Saúde, os atendimentos médicos e teste seletivo para suprir a demanda de cada uma das unidades de saúde do município.

O município de Alta Floresta conta com 15 unidades de saúde, sendo duas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e 13 Posto de Saúde da Família (PSF), na zona urbana e rural. São onze salas de vacina, e onze salas odontológicas. As demandas deverão ser supridas na segunda quinzena deste mês de janeiro.

Teste seletivo

O teste foi realizado no final do ano de 2017, para a contratação de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e dentistas, a diretora estima que até o próximo dia 15 de janeiro todos que foram chamados irão passar pela perícia médica e iniciarão os trabalhos junto as unidades de saúde.

Atendimento médico

Das 15 unidades de saúde, 11 estão com atendimento médico normalizado. 04 estão sem médico aguardando a perícia. As unidades sem atendimento médico são Santa Rita de Cássia, São José Operário, Jardim Primavera e Vila Nova.

Atendimento médico odontológico

Uma das maiores reclamações recebidas diariamente, e que deverá ser solucionado também na segunda quinzena de janeiro. Atualmente, das onze salas, apenas nas unidades dos bairros Cidade Bela e Boa Nova estão tendo atendimento.

Sala de vacina

São onze salas de vacina anexas às unidades de saúde, e que estão em pleno funcionamento de acordo com o que informou a diretora de saúde.

Farmácia básica

Outra reclamação é para com a medicação nas unidades de saúde. Roberta explicou que a medicação receitada pelo médico após atendimento, é retirada apenas nas farmácias básicas. Na Policlínica no bairro Cidade Alta e na Farmácia Básica do Terminal Rodoviário.

Zona Rural

As unidades de saúde na zona rural do município de Alta Floresta são os principais focos de reclamação por partes de usuários do Sistema Único de Saúde. As problemáticas também devem ser solucionadas na segunda quinzena de janeiro.

Reclamações sobre atendimento

Sobre ser mal atendido em uma unidade de saúde, a diretora frisa que. “A gente luta por um trabalho, um atendimento humanizado, mas as pessoas, quando tiverem alguma reclamação, nós temos o setor de ouvidoria dentro da secretaria de saúde, dentro da prefeitura, para as pessoas estarem fazendo estas queixas e nós também termos o embasamento legal para chamar esse funcionário do porquê desse atendimento, porquê destes maus tratos”, apontou Roberta destacando a possibilidade de anonimato no registro da queixa.

“Nós sabemos que quando a pessoa chega a procurar um posto de saúde, um hospital, uma unidade de saúde, um departamento, ele quer ser bem recebido, às vezes você sabendo conversar as pessoas vão compreender o porquê, a necessidade, a problemática que nós estamos enfrentando hoje a nível de Brasil de saúde púbica, então às vezes você sabendo dialogar, você tratando as pessoas com mais humanidade, as pessoas vão compreender melhor”, pontuou.

 


O site Florestanet, foi o primeiro site de notícias de Alta Floresta, teve a sua operação iniciada em 1999, sendo um dos pioneiros no jornalismo on-line.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo