Policia

05/04/2018 05:46 Eliza Gund/FlorestaNet

PROERD 2018 foi lançado de forma oficial em Alta Floresta com aula inaugural

Nesta terça-feira (03.04), na Escola Estadual Rui Barbosa, aconteceu através do 8º Batalhão da Policia Militar em Alta Floresta, a aula inaugural do Proerd 2018 - Programa Educacional de Resistência as Drogas, com a participação da direção da escola e Ministério Público. O programa foi iniciado no município no ano de 2003, permaneceu com as atividades paralisadas por alguns anos e retornou no ano passado atendendo a pré-escola, em 2018 com novos instrutores, o Proerd atenderá todas as salas de 5ª ano nas redes públicas estaduais e municipais.

As aulas iniciaram na segunda-feira (02), mas a aula inaugural foi marcada para o dia seguinte, com o instrutor Soldado PM Marcelino em sala com os alunos, no lado de fora o comandante do Comando Regional, Tenente Coronel Luiz, junto com o comandante do 8º Batalhão Major Costa Castro, a instrutora mais antiga do Proerd Cabo Mariza e também a Soldado Jadeli que recentemente foi capacitada para as instruções do programa, se reuniam com a diretora da escola Rui Barbosa, Joeli Dupim e o promotor da Infância e Juventude, Daniel Carvalho Mariano.

“A gente vê com muitos bons olhos, somos muito gratos à Polícia Militar na pessoa da Cabo Mariza e os outros policiais proerdianos, por disponibilizar esse serviço aqui para Alta Floresta. É extremamente importante frisar o papel do policial militar como quem representa a nossa sensação de segurança, de honestidade dentro da sociedade, o Tenente Coronel, comandante da regional entendeu essa situação, tão logo a Cabo Mariza retornou da licença já começamos a articular”, destacou o promotor, que foi peça fundamental para o início das atividades, “enquanto a gente não conseguiu valores, eu me pré-dispus a inicialmente estar pagando do próprio bolso, pra não perder o primeiro semestre, não postergar mais, e agora o comitê multigestor da Justiça do Trabalho empolgou, graças a Deus gostaram da iniciativa, acharam muito interessante e estão finalizando a análise, e se Deus quiser vão ajudar financeiramente também”.

No início do mês de março o IX Comando Regional enviou à capital do estado cinco militares para receberem a formação de instrutor de Proerd, destes três permanecem a disposição do 8º Batalhão, em Alta Floresta, um para o município de Colíder e outro para o município de Paranaíta. Em breve parcerias deverão ser firmadas entre Polícia Militar e administração pública deste municípios para que as instruções do Proerd possam ser aplicadas.

“No ano passado nós fizemos algumas atividades tocante ao pré-Proerd e ao Proerd pais, algumas palestras em escolas, e neste de fato conseguimos através de uma parceria com o doutor Daniel, membro do Ministério Público, viabilizar os recursos necessários para que a gente pudesse então dar início realmente as instruções de forma normal”, frisou tenente coronel Luiz destacando, “Entendemos que é importante que a Polícia Militar dê essa contribuição, não só no combate à criminalidade em si, mas também através de um trabalho social”.

Falando em nome da nova equipe formada, a Soldado Jadeli destacou que o curso foi intensivo, “Foram 15 dias de pouco sono, muita atividade, muito estudo, mas muito gratificante, nós podemos dizer que voltamos outra pessoa cada um, foi uma experiência maravilhosa”, apontou Jadeli frisando que a visão que, enquanto militar, tinha do programa, já era uma visão boa, mas que vivenciar é ainda melhor, “com essa nova equipe, novos instrutores, vamos continuar um trabalho que já vinha sendo feito, e no ano que vem, no seguinte para que ele tenha sempre efeito, as crianças vão crescendo e vamos cursando as novas para que daqui a dez anos a juventude esteja toda capacitada a dizer não às drogas e à violência”.

Instrutora Proerd desde 2003, Cabo Mariza destaca a importância da retomada das atividades. “Pra mim é maravilhoso, no ano em que eu completo 15 anos de polícia e 14 anos de Proerd, nós temos uma equipe nova em Alta Floresta, mas três instrutores, então nós conseguiremos atender até o final do ano todas as escolas, os 5ª ano que é o carro chefe do Proerd, temos outros currículos mas idade que a gente abraça e ataca é o quinto ano por conta da prevenção, a gente quer prevenir que eles entrem em contato com a droga e com a violência. Então pra mim, observar a mudança e a melhoria que teve, estou muito contente”.

Para o promotor da vara da Infância e Juventude, o programa precisa ser continuado sem interrupções. “Agora a intenção é transformar esse projeto fixo no calendário da educação municipal e estadual de Alta Floresta, e inclusive, se for o caso, encaminhar com o auxílio de alguns vereadores, à prefeitura, para que transforme em Lei e que isso nunca pare, esse projeto é  extremamente importante, que visa o reforço educacional das políticas boas, das noções morais e éticas boas pro aluno, para que ele continue crescendo e veja algo em seu redor, não só em casa mas o tempo inteiro, e tenha noções e reforço do que é certo e correto, e se Deus quiser isso vai ter um efeito ao longo do ano, quando na sua adolescência, o após os 18 anos, veremos aí uma redução, não só de criminalidade, mas uma redução na repetência escolar e um aumento de melhorias no município porque termos mão de obra cada vez mais capacitada, indo pra faculdade, fazendo cursos profissionalizantes, tendo mais cuidado, mais bem querer pelo município, que o que estamos precisando, pessoas que amem e valorizem o município e não reclamem apenas e falem mal da cidade, mas que deem valor e façam a sua parte também. E quem melhor que a Polícia Militar, que dá a sua vida todos os dias pelo cidadão, para demonstrar o que realmente a gente deve fazer pela cidade e pelo município”, concluiu Dr. Daniel Mariano.


O site Florestanet, foi o primeiro site de notícias de Alta Floresta, teve a sua operação iniciada em 1999, sendo um dos pioneiros no jornalismo on-line.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo