Geral

24/01/2018 06:03 Eliza Gund/FlorestaNet

OAB de Alta Floresta provoca sociedade para promover audiência sobre segurança pública

A onda de roubos acontecida no início do ano na zona rural de Alta Floresta levantou a sensação de insegurança na população, não apenas do município, mas também em todas a região. A situação chamou a atenção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) subseção de Alta Floresta, o presidente Dr. Celso Reis de Oliveira esteve no estúdio da Bambina FM, no programa Atualidades, e falou sobre a reunião ocorrida há pouco mais de um ano e das promessas feitas na ocasião, que não foram cumpridas na totalidade, reflexo da sensação de insegurança atualmente. “A segurança pública realmente é um motivo de preocupação na nossa região atualmente”, apontou o presidente, que não descarta a possibilidade de nova reunião para cobranças.

Em agosto de 2016 uma reunião foi intermediada pela OAB e aconteceu no Fórum com a presença de representantes de órgãos estaduais responsáveis pela segurança pública. “A Ordem dos Advogados do Brasil aqui da nossa região, coordenou uma reunião buscando uma solução para que limpasse o que havia naquele momento, e isso só ocorreu, aquela reunião, exatamente porque a sociedade começou a reagir, mas a reação era meio que descoordenada”, apontou Celso Reis, frisando que “de um lado Rotary Clube fazia os seus pedidos, do outro lado o Lions Clube, também CDL, Câmara de Vereadores, enfim, e ficava só nas conversas e não se resolvia, aí a OAB foi procurar, e fizemos uma reunião do Fórum com a participação dos juízes, inclusive visando esclarecer esse ponto, que diziam que o Doutor Douglas era o problema”.

Com algumas visitações nos órgãos de segurança do município, o secretário de Segurança Pública do Estado, Rogers Jarbas, conheceu a real situação e condições de trabalho dos agentes de segurança. “Naquele momento o próprio secretário de segurança reconheceu que o nosso efetivo aqui estava pequeno, tanto da Polícia Civil como da Polícia Militar, e o número de equipamentos também era insuficiente, e conseguimos trazê-lo junto com o secretário de justiça para uma reunião da OAB com a sociedade naquele momento se comprometerem a melhorar o efetivo e trouxeram novos equipamentos, e também se comprometeram em manter aqui na nossa região, todos os policiais que estavam sendo empossados em razão de um concurso regionalizado”, lembrou o presidente da OAB.

Uma realidade não aplicada, “apesar desse compromisso, e do concurso ter sido feito para a nossa região, logo após a posse esses policiais começam a pedir para ir mais perto de Cuiabá, ou cidades onde tem parentes, e sabe-se lá como, não sei nem se por apadrinhamento de algum deputado, influência política isso vai acontecendo. Então nós temos que pedir para os nossos deputados que expliquem o que está acontecendo (Romoaldo, Nininho e Pedro Satélite)”, enfatizou Dr. Celso Reis.

Quanto a qualidade e condições do serviço prestado em Alta Floresta e região, pelas forças policiais, presidente destaca, “Eu sempre ressalvo que aqui na nossa região, nós estamos bem servidos quanto a qualidade dos policiais, policiais civis e militares da melhor estirpe nós temos aqui, só que são seres humanos, têm limites, eles não conseguem trabalhar mais que o corpo permite, ainda que temos notícias que eles trabalham até além da jornada que deveriam trabalhar”.

Sobre a diminuição do efetivo, o presidente destaca que ações precisam ser tomadas, “com relação a diminuição do efetivo policial na nossa região desde o compromisso assumido pelo nosso secretário em agosto de 2016, e se houve essa diminuição, o que e que se pode ser feito para recompor, precisamos recompor isso com urgência, não é possível que a sociedade fique a mercê dessa sensação de insegurança generalizada que temos hoje”.

Durante a entrevista, o presidente da 8ª Subseção da OAB ainda lembrou outros compromissos firmados na ocasião, como a instalação do centro de Detenção Provisória (CDP) para ‘desafogar’ o sistema penitenciário do município de Alta Floresta, equipamentos de uso individual dos policiais e também investimento na Politec (Pericia Oficial e identificação Técnica), melhorias e investimentos não vistos em sua totalidade, e que retomam a sensação de insegurança no município. “Nós temos que cobrar do poder estatal, que adote as providencias necessárias para que a população tenha segurança, que possa ir e vir em paz”, concluiu Dr. Celso Reis de Oliveira.


O site Florestanet, foi o primeiro site de notícias de Alta Floresta, teve a sua operação iniciada em 1999, sendo um dos pioneiros no jornalismo on-line.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo