Geral

26/12/2017 16:37 Eliza Gund/FlorestaNet

Azul cancela voo em Alta Floresta após pane na aeronave

Uma pane no ar condicionado de uma aeronave da Azul provocou o cancelamento do voo na tarde desta terça-feira (26) em Alta Floresta. O problema foi identificado pouco antes da decolagem, e todos passageiros foram retirados para a sala de embarque, aguardando o concerto para então seguir viagem.

Informações repassadas a redação do site FlorestaNet pelo Gerente de Operações e Segurança do Aeroporto Piloto Oswaldo Marques Dias, Gilbert Vaes, são de que a pane já estava sendo reparada, e que o ar condicionado está ligado ao sistema de pressurização da aeronave, motivo pelo qual não decolou.

Alguns passageiros desistiram do voo, fazendo a mudança para amanhã, outros aguardavam no saguão e sala de embarque. Conforme a empresa, passageiros que perderam as suas conexões, terão todo o suporte dado pela empresa, como hospedagem, em Cuiabá, onde aconteceria a conexão.

Técnicos trabalhavam no concerto da aeronave, sem previsão de decolagem.

Um pouco sobre a pressurização, conforme o Blog Segurança da Aviação Civil

Uma cabine de avião é pressurizada para que se possa respirar dentro, quando a altitude é muito alta e por isso o ar é muito rarefeito. A despressurização acontece quando a cabine perde a vedação, como a pressão interna é maior que a externa, a cabine perde atmosferas até igualar a pressão.

O avião possui um sistema de compressores para bombear ar para dentro da cabine. A pressurização obedece a um programa pré-determinado e é mantida através de dispositivos, sensores de pressão e válvulas reguladoras, que se abrem para aliviar a pressão interna, uma vez que esta é sempre mantida mais alta que a externa, já a partir do solo.


O Sistema de pressurização tem se tornado cada vez mais usual em aeronaves de grande porte, comerciais ou militares. A utilização de ar pressurizado em aeronaves proporciona as seguintes vantagens: aumento de conforto dos passageiros e da tripulação, ruído minimizado pelo revestimento de pressurização, economia de combustível por possibilidade de voo em maiores altitudes e possibilidade de voo em melhores condições atmosféricas, graças a grandes altitudes.

A pressurização não é simplesmente o ato de confinar ar a determinada pressão dentro da fuselagem. Deve-se ter renovação constante deste ar. O sistema de ar condicionado deve, então, insuflar ar pressurizado para o interior do avião. 

Sabe-se que o interior da aeronave deve ficar corretamente pressurizado. A pressão é obtida através do insuflamento do ar condicionado. Mas, então, como a pressão é controlada? A resposta é simples: pela válvula de descarga. A válvula de descarga, que nos modernos sistemas é controlada por um computador, deixa escapar a quantidade certa de ar de modo que a pressão da cabine fique no valor desejado.

Efeitos no corpo humano (alguns exemplos)

Um dos efeitos das condições atmosféricas à bordo das aeronaves no corpo humano pode ser a ocorrência de hipóxia, que significa baixo teor (concentração) de oxigênio. Trata-se de um estado de baixo teor de oxigênio nos tecidos orgânicos e pode ser causada por uma alteração em qualquer mecanismo de transporte de oxigênio, desde uma obstrução física do fluxo sanguíneo em qualquer nível da circulação corpórea, anemia ou deslocamento para áreas com concentrações baixas de oxigênio no ar. São os seguintes os sintomas apresentados:

  • Sonolência
  • Dor de cabeça
  • Alteração no julgamento
  • Tontura
  • Alterações visuais
  • Cianose
  • Hilaridade
  • Euforia
  • Espasmos musculares
  • Convulsões
  • Inconsciência
  • Morte

O site Florestanet, foi o primeiro site de notícias de Alta Floresta, teve a sua operação iniciada em 1999, sendo um dos pioneiros no jornalismo on-line.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo