Geral

Geral 07/06/2017 09:42 Tathiana Salles/CDL

CDL e lojistas Associados realizam manifesto em prol do comércio legal em Alta Floresta.

Nos últimos meses o comercio informal vem aumentando o volume de ambulantes em nossas praças e avenidas, e nesta terça-feira (06/06/17), a CDL e Lojistas Associados realizarem um manifesto em prol da legalização do comercio altaflorestense, o manifesto foi realizado na Sessão Ordinária da Câmara Vereadores com o apoio de mais de 60 empresas reivindicando o cumprimento da lei nº 2.286/2015, que prevê a regulamentação em relação ao comércio ambulante de mercadorias em nosso município. No decorrer da reunião, os vereadores foram apontando situações que podem apoiar o combate ao comercio ilegal e irregular, entendendo que os comerciantes precisam deste apoio devido a fragilidade diante de tantas atividades irregulares que estão sendo praticadas livremente em nosso município, entre algumas das iniciativas apontadas pelos vereadores podem ser citadas:

-  Maior cobrança ao poder executivo, reunindo os setores públicos responsáveis para solicitar maior apoio nas fiscalizações;

- A instalação de placas informando a proibição da entrada de ambulantes nas entradas da cidade, que já é prevista em lei, mas que ainda não foram providenciadas;

- Propor uma nova emenda parlamentar proibindo terminantemente a venda de produtos por ambulantes que concorram com o comércio legal.

- Concordância entre os vereadores, que o vendedor ambulante torna a concorrência desleal e prejudica a economia e a arrecadação do município, bem como coloca em risco os empregos gerados pelo comércio constituído legalmente.

A presença dos empresários na sessão plenária foi tímida em relação a expectativa, uma vez que todos os associados da CDL receberam por e-mail o convite para marcar presença no manifesto, porém, vários empresários que participaram saíram da reunião com uma boa expectativa.

O empresário Jurandir Aparecido de Carvalho da Agromotor, comentou que “foi uma reunião muito boa, muito produtiva, acredito que vai gerar muitos frutos, esperamos que o executivo tome a iniciativa para resolver nossos problemas com a informalidade”.

O empresário Ademir Petry da Corally Veiculos, citou que “a iniciativa foi excelente por parte da CDL, esperamos que os ambulantes que não estão regularizados, venham a se formalizar para que no futuro, não venham a sofrer consequências com a apreensão de suas mercadorias”.

A empresaria Marcia Lopes Vendrametto da Di Marcia Modas, comentou que “esta inciativa foi muito importante para a nossa classe de lojistas, a CDL vem apoiando e lutando pelos direitos dos lojistas,  não é justo esses ambulantes vir de outras cidades e chegarem aqui, tirar um alvará simbólico e tomar nossas vendas, essa concorrência desleal não é certo, nós temos nossos custos, que são altos, e gostaria de convocar todos os  nossos  lojistas para participar com maior apoio nesta ação, somente assim, iremos conseguir eliminar essa pratica ilegal”.

A Diretoria da CDL também estava presente em peso e manifestou sua preocupação com o tema, esperando que as ações prometidas nos discursos feitos na tribuna, venham a se concretizar em favor do fortalecimento do comércio legal, que garante empregos, tributos e o fortalecimento da economia local e regional.


O site Florestanet, foi o primeiro site de notícias de Alta Floresta, teve a sua operação iniciada em 1999, sendo um dos pioneiros no jornalismo on-line.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo