Economia

10/04/2018 17:33 Eliza Gund/FlorestaNet

Prefeita autoriza reforma de veículos para economizar R$ 1,2 milhões com caminhões pipa

Na manhã desta terça-feira (10) a prefeita em exercício por Alta Floresta, Marineia Munhoz, esteve no pátio da secretaria de Infraestrutura, acompanhada do diretor de finanças, Creomar Camilo, junto com o secretário de Infraestrutura, Elói Luiz de Almeida, para realizar um levantamento dos caminhões parados por problemas mecânicos. A intenção da prefeita é a recuperação de cinco destes caminhões e adequação para trabalharem no processo de molhar ruas não pavimentadas no período de estiagem, evitando assim, um gasto aproximado de R$ 1,2 mi com processo licitatório para este trabalho.

“A gente está vendo que o município está passando por um momento muito difícil, por exemplo, se nós não tivermos maquinários, não tem como trabalhar, e eu fiquei sabendo que aqui tinha alguns caminhões que estavam ‘no toco’, vim in loco verificar e ver se tinha condições de concerto, quais seriam as possibilidades de estar arrumando pra trabalhar”, apontou a prefeita Marineia Munhoz

A iniciativa da prefeita foi bem vista pelo secretário, que lembrou os problemas relacionados à licitação em 2017, que culminaram com o não trabalho de molhar as ruas. “A prefeita com muita vontade, está aqui verificando a possibilidade de reformar cinco caminhões que nós temos parados aqui na secretaria de obras e demais máquinas, esses caminhões ela está pedindo para ser utilizado na molhação de ruas, porque no ano passado foi um transtorno muito grande, e pra não contratar, e evitar despesas, a prefeita sugeriu que nós reformássemos estes caminhões e comprássemos cinco tanques e trabalhar com a frota própria do município”, apontou Elói Luiz de Almeida, frisando a falta de repasses, “pra gente comprar maquinários novos agora os recursos são pequenos, não vem dinheiro do Governo Federal, não vem dinheiro do Governo do Estado, estamos trabalhando com recursos próprios do município, então é muito difícil, desde que nós assumimos a secretaria de obras não contratamos nem uma carriola, foi tudo reformando o maquinário que tinha e trabalhando com aquilo que tem, estamos ‘fritando o porco com a banha do próprio porco’.”

Para a prefeita, o trabalho de recuperação dos caminhões e maquinários, que terá custo entre R$ 600 mil e R$ 700 mil, viabiliza a economia dos gastos com o processo licitatório e contratação, que chega a custar aos cofres públicos o total de R$ 1,200 mi. Com a proximidade do período de estiagem, a prefeita lembra, “nós teremos que fazer licitação já para preparar a locação de caminhões para molhar as ruas, então nesse caso, se a gente tiver condições de recuperar a nossa própria frota pra evitar esse gasto, pra nós será muito melhor que já vamos ficar com o maquinário para nós. Tem coisas aqui que são mais fáceis, outras mais difíceis, não vou dizer que vamos conseguir recuperar tudo de imediato, mas eu quero ver se aos poucos eu consigo, nestes três meses eu quero fazer uma diferença”, concluiu Marineia Munhoz, prefeita de Alta Floresta.


O site Florestanet, foi o primeiro site de notícias de Alta Floresta, teve a sua operação iniciada em 1999, sendo um dos pioneiros no jornalismo on-line.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo