Contato

Pec de Janaina Riva e Maluf pode acrescentar cerca de R$ 500 milhões à Saúde estadual

"Pensamos no Poder  Executivo e em como podíamos fazer para acrescer o orçamento sem prejudicar as receitas estaduais. Os municípios têm investido em média 30% do seu orçamento na Saúde, enquanto o estado as vezes não chega a 12%", comemorou.

O Projeto de Emenda Constitucional (PEC) de autoria da deputada estadual Janaina Riva (PMDB), que tem como co-autor o deputado Guilherme Maluf (PSDB), e que prevê o aumento dos repasses constitucionais do governo do Estado à Saúde, caso seja aprovado, pode acrescentar até R$ 500 milhões aos investimentos nesse setor entre aos anos de 2019 e 2024.

"Pensamos no Poder  Executivo e em como podíamos fazer para acrescer o orçamento sem prejudicar as receitas estaduais. Os municípios têm investido em média 30% do seu orçamento na Saúde, enquanto o estado as vezes não chega a 12%", comemorou.

O PEC foi aprovado na Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final da Assembleia Legislativa e agora segue para votação em plenário.  Caso seja aprovado, prevê que à partir de 2019 o governo do estado deve acrescer em 0.05% (meio por cento) ao orçamento da Saúde, até que chegue em 15% em 2024.

"Fizemos um cálculo simples baseado na Receita Corrente Líquida atual, mas é obvio que em 2019 e nos anos seguintes ela já será maior e por conseqüência os valores serão outros. Com os 0.05% de 2019 já teríamos um acréscimo no orçamento de R$ 80 milhões; Em 2020 seriam R$ 160 mi; para 2021 R$ 240 mi; Em 2022 R$ 320 milhões; Em 2023 seriam 400; E finalmente em 2024 aumentaria em R$ 480 milhões os investimentos na Saúde", revela Janaina.

Para Janaina esse PEC representa parte das medidas definitivas que precisam ser tomadas  para resolver de vez a questão orçamentária da saúde em Mato Grosso. "O que não dá mais é para ficar enxugando gelo e deixar a situação chegar ao limite para tentar resolver. Precisamos de medidas efetivas e definitivas para resolver de vez o problema", finalizou.


Cultura realizará Tradicional Festa Junina

A prefeitura de Alta Floresta através da Diretoria de Cultura realizará Tradicional Festa Junina ..

A prefeitura de Alta Floresta através da Diretoria de Cultura realizará grande “Arraial da Cultura”, o evento acontecerá no dia 24.06 na praça do avião e tem por objetivo resgatar atividades folclóricas do município.

Origem da Festa Junina

 

Existem duas explicações para a origem do termo "festa junina". A primeira explica que surgiu em função das festividades, principalmente religiosas, que ocorriam, e ainda ocorrem, durante o mês de junho. Estas festas eram, e ainda são em homenagem a três santos católicos: São João, São Pedro e Santo Antônio. Outra versão diz que o nome desta festa tem origem em países católicos da Europa e, portanto, seriam em homenagem apenas a São João. No princípio, a festa era chamada de Joanina.

(http://www.suapesquisa.com/musicacultura/historia_festa_junina.htm).

 

 

Segundo a diretora de cultura, Flavia Bulhões Buchmann, o intuito é resgatar nosso folclore e as raízes culturais, trazendo de volta essa tradição comemorativa no município, a festa contará com diversas atrações, comidas típicas, cadeia do amor, correio elegante, o divertido pau-de-sebo e a grande quadrinha. “a pessoas estão adorando a idéia, e muitos já estão procurando a cultura para participar, é importante essa participação”, completou.

 

A diretoria convida toda a população a estar participando dessa grande festa e informa que estão abertas as inscrições para disputa de quadrilhas como também aqueles que desejam expor seus produtos, para maiores informações podem estar entrando em contato pelo telefone 3903-1027.

 


Alta Floresta: Caravana da Transformação realiza 3.845 atendimentos de cidadania

Caravana da Transformação realiza 3.845 atendimentos de cidadania

A população de Alta Floresta (800 km ao Norte de Cuiabá) e mais 11 municípios da região receberam atendimentos de Cidadania na sétima edição da Caravana da Transformação. Entidades municipais, estaduais e federais, coordenadas pela Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas), realizaram 3.845 atendimentos nos “Dias D”, sexta-feira e sábado (09.06 e 10.06).

O maior número de atendimentos foi realizado pela equipe da Setas. Servidores do órgão e voluntários foram responsáveis por 2.576 atendimentos nos dois dias. Foram solicitados 158 CPFs (1ª e 2ª via), 69 Certidões de Nascimento e oito de Casamento. Além disso, a Setas realizou serviços de apoio à emissão de documentos, como 360 cópias, 925 plastificações, 927 fotos ¾ e 77 declarações de hipossuficiência.

Mantendo a agenda de outras Caravanas, a Secretaria realizou oficinas de formação em cursos de técnicas artesanais. Em dois dias de aula, 52 pessoas foram qualificadas nas oficinas de boneca e bordado em chinelo.

O Centro de Referência em Assistência Social (Cras) de Alta Floresta realizou 143 orientações e solicitação de carteiras do idoso, mais 174 consultas, orientações e cadastramentos no CadÚnico do Governo Federal. A Defensoria Pública do Estado emitiu 60 declarações de hipossuficiência e 60 orientações jurídicas (atendimentos inicias e acompanhamentos de andamento processual).

A centralização dos serviços num mesmo local facilita a vida de pessoas, como é o caso da Maria Geralda dos Reis, de 61 anos. Ela esteve no local acompanhada do marido e das duas filhas. “Aproveitamos a oportunidade, nem consigo contar quantos serviços fizemos e o atendimento é muito bom”, comenta.

O casal fez exames de saúde, e o esposo de Maria fez a cirurgia da catarata. Eles ainda solicitaram a carteira de idoso, identidade da filha, e segunda via da carteira de trabalho de Maria, que foi perdida. A família ainda atualizou os dados no CadÚnico, pois agora possuem duas filhas adotivas.

Já a Superintendência Regional do Trabalho emitiu 165 carteiras de trabalho no local. Os jovens também tiveram a oportunidade de realizar alistamento, 20 no total, 37 certidões de dispensa (1ª e 2ª via), e 20 atestados de desobrigação militar, todos emitidos pela Justiça Militar.

A parceria entre a Setas e a Atual Cursos Profissionalizantes proporcionou cortes de cabelo masculino, feminino, hidratação, maquiagem e penteados gratuitos. Em dois dias, foram atendidas 595 pessoas. Além de Alta Floresta, a Caravana também atendeu os municípios de Apiacás, Carlinda, Colíder, Itaúba, Marcelândia, Nova Bandeirantes, Nova Canaã do Norte, Nova Guarita, Nova Monte Verde, Nova Santa Helena e Paranaíta.


Romoaldo afirma que Silval “herdou” contas de outros políticos e destaca problema no modelo eleitoral

“A sociedade hoje não aceita mais o modelo político que era antes.

Ao comemorar conversão da prisão preventiva do ex-governador Silval Barbosa (PMDB) no Centro de Custódia da Capital (CCC) para prisão domiciliar, o deputado estadual Romoaldo Júnior (PMDB) afirmou que outros políticos e outros governos tiveram contas eleitorais pagas pelos esquemas investigados na Operação Sodoma. Segundo ele, tudo que Silval fez é parte do modelo político que precisa ser substituído.A sociedade hoje não aceita mais o modelo político que era antes. E ele herdou contas de campanha dele, contas das campanhas de outros candidatos, de outros governos. Fez esses pagamentos de forma que a sociedade não aceita, que a Justiça não aceita.  Hoje o Brasil está desmoronando porque estão desnudando a política, desnudando esse modelo falido. Ainda não temos uma lei clara sobre o financiamento publico da campanha. Não temos uma lei da campanha e a lei sempre foi assim. Se discute hoje no Brasil o caixa 2. E o caixa 2 era feito dessa maneira pelas empresas e não diferente em Mato Grosso”, ponderou o deputado estadual.
Sem citar o nome de nenhum político ou de financiadores eleitorais, Romoaldo, explicou que é comum que empresas que financiaram campanhas eleitorais sejam “pagas” com contratos com o poder público. Entretanto, parte dos esquemas confessados por Silval e investigados pelo Ministério Público fogem do roteiro e deixaram surpresos antigos aliados, como ele mesmo, foi líder do Governo por dois anos e meio e é amigo do ex-governador há 25 anos.
“O poder, muitas vezes, cega as pessoas. Você chega no poder e acha que pode tudo. Não é assim, a sociedade não deixa isso, não quer mais isso. A forma como foi feita... Muitas das coisas ninguém não sabia, ficou perplexo. Outras coisas a gente sabia, o modelo político era esse. Acho que o importante de tudo isso é o debate. O Brasil vai melhorar depois disso? Porque o preço está sendo muito caro”, contou.
Uma discussão sobre um novo modelo eleitoral seria o necessário para uma melhoria do Brasil, pois o caso de Silval, em Mato Grosso, seria apenas o reflexo de acontecimentos em todo o Brasil. Para o Romoaldo, todo o sistema está com problemas e, enquanto políticos fingem estar dentro da lei, o Judiciário finge fiscalizar. Ele cita ainda, como exemplo, o fato de a JBS ter financiado mais de 1.900 políticos com verbas oriundos de financiamentos do BNDES.
“A Justiça tem que, junto com o Congresso, bolar um sistema de financiamento no Brasil. Nós não podemos ficar fingindo que fazemos eleição certa e o TSE, TRE, muitas vezes, fingindo que está fiscalizando”, avaliou. “A JBS, olha aí, 1.900 políticos financiados por ela. É dinheiro do que? É dinheiro público, BNDES, dinheiro de favorecimento. O modelo é errado. Não sou a favor de anistia não. Tem que investigar, mas precisa de um modelo com mais transparência”, completou
E, no meio dessa discussão, Romoaldo avisa que fará duas coisas: Dar um abraço em Silval e esperar o desenrolar das confissões, pois fatos novos podem surgir. “Conheço o ser humano Silval. Sou amigo do Silval há 25 anos. Acho que esses dois anos de cadeia devem ser muito difíceis para ela. Agora é ver o que vem pela frente, as delações, o que ele se comprometeu com a Justiça”, concluiu.


Governo entrega cartão Pró-família e paga cofinanciamento social em Alta Floresta

Nove municípios da Região Norte do Estado receberam o repasse do Cofinanciamento Estadual de Assistência Social

A dona de casa Raquel Sforne mora em Alta Floresta e está desempregada. Ela tem um filho de três  anos e cuida dele sozinha. Raquel tem sobrevivido de pequenos serviços na comunidade. A trabalhadora foi umas das beneficiadas pelo programa Pró-família. Ela representa a essência do público alvo do programa, pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social.

Raquel comemorou a entrega feita pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT). “Essa ajuda do cartão Pró-família  é muito importante pra mim. Muitas vezes passo necessidade com o meu filho e esse cartão vai me 'salvar'. Hoje mesmo eu vou sair daqui e ir direto para o mercado. Está faltando as coisas em casa”, comentou.

Os cursos de qualificação que serão ofertados para as pessoas que estão incluídas no programa reacenderam a esperança de Raquel. “Eu fiquei muito animada com os cursos que vem pra gente. Eu quero um de culinária, fazer pão, bolo para vender e poder cuidar melhor do meu filho”, disse, emocionada uma das primeiras beneficiadas com a entrega do cartão Pró-família.

Os cartões Pró-família foram entregues na tarde desta sexta-feira (09.06), durante a sétima edição da Caravana da Transformação, realizada em Alta Floresta (775 km de Cuiabá). A entrega foi feita pelo governador Pedro Taques e pelo secretário de Estado de Trabalho e Assistência Social, Max Russi.

Ao todo foram entregues 305 cartões, sendo 265 para famílias beneficiadas com a transferência de renda e os demais à equipe de apoio para o desenvolvimento do trabalho: 38 agentes comunitários de saúde e dois assistentes sociais. As famílias ainda receberão apoio sócio familiar, habitacional, assistencial, de saúde e educação.

Cada família recebeu  um cartão com um crédito no valor de R$ 100,00, que poderá ser utilizado exclusivamente para o consumo de gêneros alimentícios, não podendo ser utilizado para bebidas e tabaco.  Já os assistentes sociais receberam um cartão de R$ 300,00, os agentes comunitários de saúde R$ 100,00.

O governador Pedro Taques lembrou que a entrega dos cartões é apenas a primeira etapa do programa, que também vai qualificar os beneficiados. “Quem nunca passou por dificuldades na vida? Eu já passei. E muitas das autoridades que estão aqui também. É nesse momento que o Estado precisa se fazer presente. E esse dinheiro, os R$ 100,00, não é meu, é de vocês. Hoje é um grande momento, mas, daqui a um ano queremos comemorar a saída de vocês desse programa, com a qualificação necessária e com uma vida melhor”, disse o chefe do Executivo.

O titular da Setas, Max Russi, ressaltou que o objetivo não é apenas fazer um repasse de R$ 100,00, mas sim criar uma grande rede de proteção social. “Neste momento de crise e desemprego temos que olhar para os menos favorecidos, apoiar mulheres trabalhadoras, mães solteiras, que precisam ter um apoio maior para cuidar dos filhos”, afirmou.


Governador entrega tubos que irão substituir 12 pontes de madeiras em Alta Floresta

“É de fundamental importância estes tubos, pois esta rodovia estava intransitável.

Em ato solene da 7 edição da Caravana da Transformação, que aconteceu neste sábado (10.06) em Alta Floresta, o governador de Mato Grosso Pedro Taques entregou 135 metros de tubo armco que irão substituir 12 pontes de madeira.

Os tubos serão instalados na MT-325, que conecta Juara ao município de Alta Floresta, uma via que ficou os últimos 12 anos com graves problemas. Estão sendo investidos aproximadamente R$ 407,4 mil na aquisição destes tubos.

O secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, disse que a instalação desses tubos irá melhorar a trafegabilidade da estrada que tem um grande potencial agrícola.

“Iremos substituir pontes de madeiras por tubos armco, o que melhora a trafegabilidade da rodovia, tendo em vista que está região tem um grande potencial agrícola para expandir”, disse o secretário da Sinfra.


Prefeito Asiel vistoria construção da galeria pré-moldada da Avenida Mato Grosso

O prefeito Dr. Asiel Bezerra de Araújo vistoriou na manhã de quarta-feira acompanhado da vice-prefeita Marinéia da Silva Munhoz, do secretário de Infraestrutura Eloi Luiz de Almeida e do secretário de Governo Antonio Ribeiro de Morais a obra de construção da galeria pré-moldada da Avenida Mato Grosso .

O prefeito Dr. Asiel Bezerra de Araújo vistoriou na manhã de quarta-feira (07) a obra de construção da galeria pré-moldada da Avenida Mato Grosso acompanhado da vice-prefeita Marinéia da Silva Munhoz, do secretário de Infraestrutura Eloi Luiz de Almeida e do secretário de Governo Antonio Ribeiro de Morais.

            Durante a inspeção o prefeito, a vice-prefeita e os secretários acompanharam a conclusão da etapa de construção civil da galeria. A obra está com o cronograma de execução adiantado. Nesta quinta-feira (08) a Secretaria Municipal de Infraestrutura iniciará o aterramento para posteriormente fazer a terraplanagem e a pavimentação asfáltica.

            A galeria pré-fabricada de concreto aramado da Avenida Mato Grosso está sendo construída pela Prefeitura de Alta Floresta, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, com recurso próprio e conta com uma estrutura que possibilita maior vazão de água, além de ter sido projetada para uma durabilidade de pelo menos 50 anos. A Prefeitura de Alta Floresta estima fazer uma economia de aproximadamente 50% com a construção desta galeria.


Dragagem visa desassorear Córrego Severo

De acordo com o engenheiro da Secretaria de Infraestrutura, Fernando Catunda, a limpeza vai possibilitar que o curso do córrego flua normalmente.

A Prefeitura de Alta Floresta, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, iniciou na semana passada as obras de dragagem e desassoreamento do Córrego Severo, no canal existente entre os Bairros Bom Jesus e Cidade Bela.

O principal objetivo desta ação é diminuir o processo de assoreamento que dificulta a passagem da água devido ao acumulo de detritos, entre eles, areia e material argiloso, além de resíduos domésticos e entulhos que são jogados no córrego. A ação faz parte do plano de trabalho das obras de construção da galeria pré-moldada da Avenida Mato Grosso, no Bairro Bom Jesus.

Durante as obras de limpeza das margens do córrego foram encontrados vários pneus, garrafas pet e garrafas de vidro, além de sacolas plásticas, madeira e galhos de árvores, detritos que obstruem a passagem de água. De acordo com o engenheiro da Secretaria de Infraestrutura, Fernando Catunda, a limpeza vai possibilitar que o curso do córrego flua normalmente.


Taques pode perder o mandato se for comprovado improbidade administrativa no caso dos grampos ilegais

OAB repudia uso de grampos ilegais e sugere afastamento dos envolvidos.

  A diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso, (OAB/MT), disse em coletiva de imprensa no órgão na manhã desta sexta-feira (12) que repudia o uso de grampo telefônico ou quaisquer outras formas de violação dos direitos fundamentais do cidadão.

“Isso remonta o tempo que não foi apagado ainda, mas que deve ser apagado da história do Brasil, que é o tempo ditatorial. Ora, no Estado do Direito, na República Democrática Brasileira, esse tipo de atitude é inconcebível. Vê-se isso na página negra da história do Brasil. Vê se isso em regimes não republicanos”, afirmou Leonardo Campos.

O presidente da OAB Leonardo Campos, disse ainda que se comprovado o envolvimento do Governador Pedro Taques na chefia do esquema dos grampos e que isso seja um ato de improbidade administrativa o chefe do executivo de Mato Grosso pode perder o mandato.

O posicionamento da OAB é motivado pelas informações de que advogados também teriam sido alvos da quebra de sigilo ilegal. A diretoria do órgão disse ainda que vai acompanhar de perto essa investigação, e exige transparência do caso.

Campos também apontou incoerência do Ministério Público Estadual (MPE), que por meio do Gaeco determinou o arquivamento da denúncia do suposto esquema de gravações telefônicas ilegais. “Como um órgão fiscalizador do estado arquiva um procedimento, e o MPF traz à tona o mesmo caso, e ao que se sabe até agora, com as mesmas provas utilizadas em 2015 quando o esquema foi denunciado”, questiona diretor da OAB.

Apesar de antigo, o escândalo dos grampos ilegais só veio a tona na tarde de quinta-feira (11), quando o secretário da Casa Civil Paulo Taques deixou o cargo de forma inesperada para atuar na defesa pessoal do governador, que está sendo investigado na Procuradoria Geral da República (PGR), conforme comunicado emitido pela própria assessoria de imprensa do governo.

Pessoas com cargos eletivos, advogados e jornalistas teriam sido alvo das escutas que são investigadas pelo Ministério Público Federal (MPF).


Chay Suede rebate crítica de internauta por pelos no peito

Ator postou foto que causou burburinho nas redes sociais

Chay Suede usou seu perfil no Instagram, na última segunda-feira (1º), para rebater um internauta que criticou os pelos que o ator tem no peito.

Tudo começou quando o protagonista de “Novo Mundo” – trama das 18hh da TV Globo – postou uma foto em que aparece de blusa aberta.

O seguidor do famoso, então, questionou em tom de ironia: "Gillete [marca de lâmina de depilação] não existe?".

Suede, por sua vez, respondeu: "Existe. Vai na farmácia, compra uma [lâmina] e fica raspadinho que nem uma garrafa pet".

Não demorou muito para que os admiradores do artista saíssem em defesa de seu estilo não depilado.

"Está lindo com esse peitoral com pelos", comentou uma moça. "Pelos, que lindo", escreveu um rapaz. "Eu te amo, você é perfeito, não sou muito de pelos, sabe? Mas amo você do jeitinho que é, acho um luxo essa barriga peludinha [risos]", completou mais uma fã.


Relatório da reforma política prevê fim dos vices e voto em lista; veja propostas

Relator da reforma política na Câmara, o deputado Vicente Cândido (PT-SP) adiantou ao G1 que vai propor em seu parecer final o fim dos vices em todas as instâncias de governo. Com isso, deixariam de existir vice-presidente, vice-governadores e vice-prefeitos.

O relatório, que deverá ser apresentado na terça-feira (4) à comissão especial que discute o tema, também prevê a criação de um fundo para financiar campanhas eleitorais abastecido em 70% com recursos públicos. Os 30% restantes viriam de doações de pessoas físicas - atualmente, a legislação proíbe a doação de empresas a campanha eleitorais.

Outra mudança prevista no parecer de Vicente Cândido é no sistema de votação das eleições legislativas. Durante um período de transição seria instituído o voto em lista fechada, pela qual o eleitor vota em uma relação de nomes previamente escolhidos pelos partidos. Esse modelo prevê que as vagas destinadas a determinada legenda são preenchidas pelos candidatos na ordem em que aparecem na lista.

Depois, segundo a proposta do relator, esse sistema migraria para o distrital misto, por meio do qual metade das vagas no Legislativo é preenchida por lista fechada e outra metade pelo voto nos candidatos distribuídos em distritos (cada município ou estado é dividido em regiões que escolhem seus candidatos internamente). Atualmente, o eleitor vota diretamente no candidato ou no partido para preencher as vagas de vereador, deputado estadual ou federal - confira mais abaixo as principais mudanças propostas pelo relator.

No caso de presidente, governador, prefeito e senador, o modelo vigente seria mantido. Pela regra atual, vota-se diretamente no candidato ou no partido e é eleito aquele que receber o maior número de votos.

Críticas

Críticos da lista fechada argumentam que o modelo poderá beneficiar os políticos que querem se eleger para manter o foro privilegiado, em que só podem ser julgados pelos tribunais superiores.

Para Vicente Cândido, o argumento não tem fundamento. “O investigado na Lava Jato vai ficar em evidência estando na lista ou fora da lista. Ele poderá ser eleito numa carona de puxador de voto às vezes desapercebido pelo eleitor. Então, não é isso. Se ele estiver na lista, o partido vai ter que explicar o porquê, vai ter que apresentar currículo”, afirma.

Sobre o fim do cargo de vice, o relator diz que esse é o ponto em que há “menor atrito”. “Até agora ninguém se levantou contra. Professores do México estiveram aqui semana passada e disseram que o país acabou com os vices em 1917, com a constatação de que vice só conspira”, diz.

Na visão do petista, o país joga “dinheiro fora” ao manter esses cargos. “Temos quase 6 mil vices no Brasil, que devem ter no mínimo mais dois cargos [de assessor]. Então, temos um exército de 15 mil pessoas que ganham para não fazer nada. Se o vice não faz nada, não tem por que ser assessorado”, completa.

Segundo o relator, embora o relatório esteja pronto, ele ainda se reunirá com lideranças partidárias e poderá fazer algum ajuste de última hora.

A expectativa dele é que o parecer seja votado neste mês na comissão e, em maio, no plenário da Câmara.

“Havendo acordo entre líderes - ainda tenho reuniões na segunda-feira -, apresento o parecer na terça. O relatório vai estar pronto, poderá ter um ou outro ajuste. Se acharem conveniente, seguro para conversar um pouco mais com as bancadas. Isso não será nenhum problema”, diz.


PM participa de reunião do Conselho de Segurança em AF

Aconteceu no último dia 15, nas dependências da Câmara Municipal, à reunião do Conselho Municipal de Segurança (Conseg) em Alta Floresta. Estiveram presente vários seguimentos da sociedade, bem como os representantes da área de segurança pública.

Vários temas foram debatidos. A Polícia Militar através dos seus representantes, o Major PM Costa Castro, Comandante Adjunto do 9º Comando Regional, bem como Capitão PM Rui, Comandante do 8º BPM, expuseram de maneira ampla e clara as atividades realizadas pela Polícia Militar nos últimos meses.

Foram explanados temas como a operação “Bairro Seguro” em conjunto com a Polícia Judiciária Civil, a implantação e estruturação do Proerd, também foram elencadas ações de efetivo esforço no intuito de combate as ações criminosas.

Além da Polícia Militar, se fizeram presente, representantes do Corpo de Bombeiros Militar, Delegacia Regional e Municipal, Poder Legislativo, Sistema Prisional, Hospital Regional, Detran e Banco do Brasil.


Sem nova proposta da Fenaban, bancários decidem manter greve

Em reunião nesta tarde, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) não apresentou proposta, e o Comando Nacional dos Bancários decidiu manter a greve da categorias. Segundo o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, na quinta-feira (15), haverá nova reunião a partir das 16h.

"Os bancos chamaram para uma negociação e não apresentaram nenhuma nova proposta para a categoria nesta terça-feira [13], um desrespeito com os trabalhadores e a população. Eles insistem em impor reajuste abaixo da inflação, com perda real. Cobramos também que parem com as demissões. Nossa greve vai crescer, a cada dia, porque sabemos que nossas reivindicações podem ser atendidas pelo setor mais lucrativo do país", disse a presidenta do sindicato, Juvandia Moreira.

Em nota, a Fenaban confirmou não ter apresentado nova proposta aos bancários. Segundo a federação, a rodada de negociação de hoje discutiu possibilidades a serem avaliadas para um acordo.

Na última sexta-feira (9), a Fenaban ofereceu aos bancários reajuste de 7% nos salários e benefícios e abono de R$ 3,3 mil, a ser pago 10 dias após a assinatura do acordo. "A nova proposta resulta numa remuneração superior à inflação prevista para os próximos 12 meses, com ganho expressivo para a maioria dos bancários."

Os bancários, no entanto, pedem reajuste de 14,78% (5% de aumento real, mais a correção da inflação), 14º salário e participação nos lucros e resultados de R$ 8.297,61, entre outras demandas.

A greve dos bancários começou terça-feira passada (6). Segundo o sindicato, 1.048 locais de trabalho mantiveram-se fechados nesta terça-feira em São Paulo e Osasco, e houve adesão de 39 mil trabalhadores ao movimento. A Fenaban não divulgou balanço da greve.


Damião é oficializado pelo Flamengo e assina por 1 ano

Leandro Damião agora é oficialmente jogador do Flamengo. Nesta quinta-feira, após alguns dias de espera, a diretoria do clube carioca anunciou a chegada do centroavante, que assinou contrato válido por um ano e será apresentado após o treinamento no CT Ninho do Urubu. 
A contratação de Damião pelo Flamengo era dada como certa nos últimos dias, mas acabou sendo confirmada apenas nesta quinta, após o atacante ser aprovado nos exames médicos. Assim, o clube venceu a concorrência do rival Vasco, que chegou a negociar com o jogador, mas não teve êxito na intenção de se reforçar com o centroavante. 

No Flamengo, Damião deverá ter forte concorrência, afinal o peruano Paolo Guerrero é considerado o titular da equipe. E o seu reserva imediato vem sendo Felipe Vizeu, jovem formado nas divisões de base e que ganhou prestígio após anotar os gols da vitória por 2 a 0 sobre o Atlético Mineiro, no último fim de semana, pelo Campeonato Brasileiro. 
A chegada ao Flamengo representa para Damião, prestes a completar 27 anos, uma tentativa de resgate da sua carreira. Afinal, o centroavante teve ótimo início de carreira pelo Internacional, sendo campeão da Libertadores de 2010 e da Recopa Sul-Americana em 2011. E seu faro de gol o levou a ser convocado para a Olimpíada de Londres, onde foi o artilheiro da competição e faturou a medalha de prata. 
Em 2014, em uma transação milionária, se transferiu ao Santos, mas não conseguiu brilhar. Depois, teve passagem irregular pelo Santos e apagada pelo espanhol Betis. Agora está de volta ao futebol brasileiro para defender o Flamengo.


Quem Somos

O site Florestanet, foi o primeiro site de notícias de Alta Floresta, teve a sua operação iniciada em 1999, sendo um dos pioneiros no jornalismo on-line.
 
Durante um curto espaço de tempo houve a interrupção dos seus serviços, mas agora, o portal volta com força total para trazer a informação precisa aos internautas de Alta Floresta (MT) e de todo o mundo.

Social

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo